(11) 5573-8735 / 5573-5528 / 5083-3491 sbd-resp@sbd-sp.org.br

Campanha chama atenção para casos de hanseníase no Recife

A Secretaria de Saúde do Recife realiza nesta quarta-feira (10/6), no Centro da Juventude de Santo Amaro, área central da cidade, a Campanha de Busca Ativa de Casos de Hanseníase. Entre 8h e 13h, alunos e profissionais da instituição, que apresentem manchas suspeitas no corpo, poderão fazer exames capazes de detectar a doença. Na ocasião, também será instalado consultório médico para diagnóstico e educação em saúde.

“Ações como essa favorecem o diagnóstico precoce da hanseníase e propicia acesso ao tratamento adequado em tempo hábil, especialmente nas classes mais carentes, que as pessoas têm menos informações”, afirma a coordenadora do Programa de Controle da Hanseníase da Prefeitura do Recife, Elaine Holanda.

“O tratamento da doença varia de seis meses a um ano e é feito na própria Unidade de Saúde da Família da área do paciente ou nas unidades especializadas”, diz Elaine. Todos os distritos sanitários possuem unidades de referência da doença.

Em 2014, o Recife notificou 476 casos novos de hanseníase na população geral, sendo 18,77% dos casos de Pernambuco. No mesmo ano, a cidade notificou 47 casos novos em menores de 15 anos, representando 18% dos casos do Estado.

Para atender as doenças negligenciadas transmissíveis (hanseníase, filariose, tuberculose e geo-helmitíase), a Prefeitura da Cidade do Recife criou em 2013 o programa Sanar-Recife, que promove o enfrentamento das doenças através de estratégias de prevenção e tratamento. O programa conta com ações como assessoramento de Unidades de Saúde, acompanhamento e tratamento de casos, investigação dos casos, fortalecimento da assistência laboratorial, fortalecimento da rede de atenção básica e promoção de ações de educação em saúde.

A Policlínica Lessa de Andrade, no bairro da Madalena, Zona Oeste da cidade, ganhou recentemente melhorias na Sapataria – serviço voltado para os pacientes de hanseníase que perdem, em alguns casos, a sensibilidade dos pés. O setor foi reativado com instalação de pia, lavabo e lava pés e duas novas máquinas, adquiridas para a confecção de palmilhas e sapatos especiais para esses pacientes.

A DOENÇA

A hanseníase é uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae. A transmissão ocorre através de contato íntimo e contínuo com o doente não tratado. A doença afeta primordialmente a pele, porém também acomete o sistema nervoso periférico, o que provoca alterações de sensibilidade ao calor, ao tato e à dor.


Link original: http://blogs.ne10.uol.com.br/casasaudavel/2015/06/09/campanha-chama-atencao-para-casos-de-hanseniase-no-recife/

SOBRE A SBD-SP

A Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 1970 para fomentar a pesquisa, o ensino e o aprimoramento científico da dermatologia como especialidade médica. Reúne, atualmente, mais de 2500 associados.

CONTATOS

Endereço: Rua Machado Bittencourt,
361 / cjs 1307 a 1312
Vl. Clementino – São Paulo-SP
CEP: 04044-001
E-mail: sbd-resp@sbd-sp.org.br
Tel/Fax: (11) 5573-8735, 5573-5528, 5083-3491

SEJA UM ASSOCIADO