(11) 5573-8735 / 5573-5528 / 5083-3491 sbd-resp@sbd-sp.org.br

Pesquisa da SBD mostra que a síntese de vitamina D não é comprometida pelo uso de protetor solar

Dermatologista ressalta que a síntese da substância depende de doses muito baixas de UVB em pequenas áreas do corpo, que podem ser absorvidas até através de roupas leves

A vitamina D é essencial para o sistema imunológico, gastrointestinal e para a saúde dos ossos, e a forma mais fácil de metabolizar a vitamina, que está presente em alguns alimentos, é tomar sol.

É comum pensar que essa produção da vitamina só ocorre quando a exposição ao sol é feita sem o uso do protetor solar – mas uma nova pesquisa da Sociedade Brasileira de Dermatologia prova o contrário.

Um estudo inédito promovido pela entidade durante o II Simpósio Nacional de Cabelos e Unhas em 2017 identificou que a utilização de protetores e bloqueadores solar e exposição leve ao sol não afetam a capacidade de síntese da vitamina D. A pesquisa foi coordenada pelos dermatologistas Flávio Luz, Clívia Carneiro, Hélio Milot e Sandra Durães, com o apoio do laboratório de análises clínicas da Universidade Federal Fluminense (UFF).

A pesquisa envolveu 95 participantes voluntários, entre dermatologistas, alunos e outros, que foram divididos em três grupos. O primeiro grupo não se expôs à luz solar por 24 horas, o segundo tomou sol em doses baixas (de 10 a 15 minutos) com protetor e o terceiro tomou sol pelo mesmo período sem protetor.

Na manhã anterior ao teste, os níveis de vitamina D no sangue foram aferidos e o mesmo foi feito na manhã seguinte ao teste, e os resultados apontam que o número foi maior para o grupo exposto com filtro solar do que para o grupo confinado, mostrando que ocorreu sim produção da vitamina D para o grupo que se expôs ao sol por pouco tempo, mesmo utilizando protetor solar.

“A diferença da variação dos níveis plasmáticos de vitamina D entre o grupo exposto com filtro solar e o grupo exposto sem o filtro não atingiu diferença significativa, indicando que não houve diferença substancial entre a exposição solar leve com ou sem filtro solar”, explica Hélio Milot.

O médico ressalta que a síntese de vitamina D depende de doses muito baixas de UVB em pequenas áreas do corpo, mesmo através de roupas leves e couro cabeludo, ou seja, não é necessário deixar de passar protetor solar para absorver raios solares para produção da vitamina. O protetor solar deve ser utilizado diariamente para prevenir câncer de pele, queimaduras e fotoenvelhecimento.

Fonte: Estadão

SOBRE A SBD-SP

A Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 1970 para fomentar a pesquisa, o ensino e o aprimoramento científico da dermatologia como especialidade médica. Reúne, atualmente, mais de 2500 associados.

CONTATOS

Endereço: Rua Machado Bittencourt,
361 / cjs 1307 a 1312
Vl. Clementino – São Paulo-SP
CEP: 04044-001
E-mail: sbd-resp@sbd-sp.org.br
Tel/Fax: (11) 5573-8735, 5573-5528, 5083-3491

SEJA UM ASSOCIADO