(11) 96614-3006 (11) 5573-8735 sbd-resp@sbd-sp.org.br

Acne e a pele da mulher adulta: tire suas dúvidas sobre causas e tratamentos

Espinhas e cravos são problemas de pele que acontecem com bastante frequência entre adolescentes, já que falamos de uma época da vida de intensas mudanças hormonais e de hábitos, que podem ocasionar a questão. Porém, há chances cada dia maiores de que mulheres adultas apresentam quadro de acne atrelados à alteração hormonal ou estilo de vida. Conversamos com a dermatologista Dra. Elisete Crocco a respeito do tema, para tirar as principais dúvidas sobre causas e tratamentos.

RESP –  O que é a acne e por que ela aparece mais quando estamos na adolescência?

Dra. Elisete – A acne é uma doença da pele que acontece nas glândulas sebáceas. A saída dos poros fica obstruída por uma mistura de células mortas e acontece um aumento da quantidade e alteração da qualidade do sebo que é produzido ali. Isso acarreta a formação dos cravos e das espinhas.

RESP – E a acne na mulher adulta, por que ela ocorre?

Dra. Elisete – Algumas situações podem estar por trás do quadro. Entre elas, histórico familiar, tabagismo, estresse, privação do sono, dieta inadequada, alterações hormonais e excesso de oleosidade na pele.

RESP – Quais áreas do corpo são as mais afetadas pela acne na mulher adulta?

Dra. Elisete – A maior parte das mulheres adultas com acne apresentam o quadro na parte mais inferior do rosto, como na região ao longo do queixo e do contorno da mandíbula. Em algumas ocasiões, a acne pode aparecer até no pescoço. Eventualmente, nas costas também é possível avistar alguns focos do problema.

RESP – O uso de hormônios, como pílulas anticoncepcionais ou remédios contra a endometriose, podem diminuir a incidência de acne adulta?

Dra. Elisete – Eles podem ajudar e fazer parte do tratamento sim, pois são medicamentos que irão realizar um equilíbrio nos hormônios que são responsáveis pelo problema da acne. Tais substâncias são os chamados hormônios andrógenos.

RESP – Quais são os principais tratamentos para amenizar ou acabar com o quadro de acne adulta?

Dra. Elisete – Além das pílulas anticoncepcionais, existem outros medicamentos, que são chamados antiandrógenos, que podem ajudar. Além disso, é possível manter a pele sempre limpa com sabonete adequado e a prescrição, por dermatologistas, de medicamentos tópicos, para melhorar a inflamação. Outro fator importante para diminuir quadros de acne na mulher adulta é o emprego de medidas para a melhora da qualidade de vida, como exercícios, hidratação com água, dieta equilibrada e sono adequado.

RESP – O que a mulher não deve fazer em casa quando percebe a acne adulta?

Dra. Elisete – Acima de tudo, não manusear as lesões. Ao tentar “espremer” a espinha, em geral, a inflamação fica maior e gera o aparecimento de cicatrizes.

RESP – Acne na mulher adulta pode ser sinal que algo não está equilibrado no corpo, como hormônios e até cistos?

Dra. Elisete – Sim! As alterações hormonais podem justificar o aparecimento da acne, que pode ser apenas um dos sinais de alguma outra doença interna associada.

 

O artigo foi desenvolvido com o auxílio técnico da médica dermatologista Dra. Elisete Crocco (CRM 105229), com doutorado pela Santa Casa de São Paulo. Ela é coordenadora dos ambulatórios de cosmiatria, acne e laser da Santa Casa de São Paulo.

Platina

Diamante

Ouro

Prata

SOBRE A SBD-SP

A Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 1970 para fomentar a pesquisa, o ensino e o aprimoramento científico da dermatologia como especialidade médica. Reúne, atualmente, mais de 2500 associados.

CONTATOS

Endereço: Rua Machado Bittencourt,
361 / cjs 1307 a 1312
Vl. Clementino – São Paulo-SP
CEP: 04044-001
E-mail: sbd-resp@sbd-sp.org.br
Atendimentos feitos por home office
Tel/Fax: (11) 96614-3006 / (11) 99270-9568

SIGA-NOS