(11) 96614-3006 (11) 5573-8735 sbd-resp@sbd-sp.org.br

Acne, alimentação e suplementação com vitaminas: existe relação?

Existe sim uma relação entre a acne e a alimentação, apesar de estudos científicos, ano após ano, não conseguirem traçar uma linha bem definida a respeito do tema. Quando o assunto são os suplementos de vitaminas e minerais, há substâncias que ajudam e as que atrapalham.

 

Oleosidade da pele x alimentação

A ligação entre os alimentos e a acne se estabelece pela ativação de um eixo chamado  ‘insulina-IGF 1-mTORC1’. Na prática, se você consome alimentos com alto índice ou carga glicêmica, como o arroz refinado, os derivados do trigo branco ou as porções ricas em açúcares, eles vão liberar em seu corpo uma grande quantidade de insulina, em picos. Isso faz com que haja uma série de reações dentro do organismo que podem aumentar a oleosidade da pele e, posteriormente, piorar quadros de acne.

Também existem algumas evidências, porém menos justificadas em pesquisas científicas, de fatores do aumento da produção de oleosidade relacionadas ao consumo de leite, embora esse alimento não tenha um alto índice glicêmico. Isso se daria através da produção de um hormônio, pelo fígado. Outra hipótese é a presença de proteínas lácteas que podem estimular nossas glândulas sebáceas, que são as responsáveis pela modulação da oleosidade da nossa pele.

Mito ou verdade: alimentos inflamatórios

Muito se fala, principalmente na internet, sobre alimentos que podem inflamar o nosso corpo. Com o consumo dos mesmos, segundo tais relatos, ocorreria a piora da acne, entre outras questões de saúde. Sobre tal tópico, a ciência ainda não conseguiu estabelecer uma causa e uma consequência. Atualmente, existem alguns estudos científicos que tentam relacionar doenças inflamatórias intestinais com a acne, como doença de Crohn, retocolite ulcerativa ou mesmo a doença celíaca (relacionada ao glúten). Porém, esses trabalhos científicos não conseguiram constatar um aumento da incidência ou piora da acne em tais cenários. Ou seja, alimentos podem levar a inflamação de todo o trato gastrointestinal, mas não foi constatada uma correlação com inflamação da pele, como, por exemplo, no caso da acne. Então há ainda muito o que se pesquisar em relação aos alimentos tidos como pró-inflamatórios antes de validar qualquer teoria.

Alimentos amigos da pele

Sobre as comidas que melhoram o quadro de acne, podemos falar das que contém alimentos saudáveis, ou seja, aquilo que não é industrializado, não é frito ou processado é benéfico ao corpo. Por exemplo, uma dieta com probióticos naturais, iogurtes sem adição de açúcar, frutas, fibras, verduras e legumes. Dietas ricas em peixes também são benéficas, por serem ricas em Ômega 3, que regula citocinas inflamatórias e evita casos de acne.

Suplementos que pioram a acne

Existe uma ligação descrita na literatura entre os suplementos derivados do soro do leite e a piora dos quadros de acne prévios. É interessante notar que isso não acontece para todas as pessoas que consomem esses produtos. Uma teoria é que isso deve ter alguma ligação entre a sensibilidade genética e tais suplementos.

Atenção aos detalhes

O paciente deve observar, periodicamente, se ele alterou algo na alimentação que possa ter relação com a piora da acne. Um ponto interessante para ser analisado, em alguns casos, são os pacientes com síndromes metabólicas. Nesses cenários, é importante fazer toda uma análise laboratorial para avaliar se não existem outras doenças associadas à piora da pele, como aumento de triglicérides ou colesterol, além de entender a resistência à insulina.

Do ponto de vista geral, na grande parte da população, os médicos não costumam fazer análises laboratoriais em relação à acne e sim uma boa história clínica, aconselhamento e avaliação nutricional.

 

O artigo foi desenvolvido com o auxílio técnico do médico Marco Rocha, dermatologista PhD em Medicina – Universidade Federal de São Paulo. 

Patrocinadores

Platina

Diamante

Ouro

Prata

Bronze

SOBRE A SBD-SP

A Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 1970 para fomentar a pesquisa, o ensino e o aprimoramento científico da dermatologia como especialidade médica. Reúne, atualmente, mais de 2500 associados.

CONTATOS

Endereço: Rua Machado Bittencourt,
361 / cjs 1307 a 1312
Vl. Clementino – São Paulo-SP
CEP: 04044-001
E-mail: sbd-resp@sbd-sp.org.br
Atendimentos feitos por home office
Tel/Fax: (11) 96614-3006 / (11) 99270-9568

SIGA-NOS