(11) 96614-3006 (11) 5573-8735 sbd-resp@sbd-sp.org.br

Informação gera empatia

O grande constrangimento sofrido pelo casal alagoano, obrigado a desembarcar do avião por causa do problema de pele da filha, merece uma reflexão. Com mais informação e empatia, a situação certamente teria se resolvido com serenidade. Tripulação e passageiros ficaram impressionados com o aspecto da criança, que estava com a pele de todo o corpo extremamente seca e descamando, e acreditaram que ela tinha uma doença infectocontagiosa, o que não é verdade. A garota tem diagnóstico de ictiose, que é causada por uma mutação genética que altera a atividade da proteína responsável pela hidratação e impermeabilidade da pele – e não é transmitida de uma pessoa para outra.

A enfermeira Maria Helena Sant’Anna Mandelbaum, que estava no mesmo voo, intercedeu pela família. Infelizmente, seus argumentos e sua experiência profissional não foram suficientes para resolver o impasse – ela é especialista em Enfermagem em Dermatologia e coordena o Dermacamp, grupo de apoio a crianças e adolescentes com doenças dermatológicas graves que há duas décadas promove acampamentos para ajudá-los a lidar melhor com sua condição e com o preconceito que, infelizmente, ainda é grande.

A SBD-RESP, que apoia o Dermacamp, repudia qualquer ato de discriminação contra pessoas com doenças de pele e aproveita para reforçar que, em casos como esses, o dermatologista precisa fornecer uma declaração para o paciente, especificando o diagnóstico com o CID e informando que a patologia em questão não é infectocontagiosa. Além disso, deve orientar o paciente a levar esse documento sempre consigo. Medidas simples como essas podem evitar situações constrangedoras como a vivida pela família alagoana.

Felizmente, a história deles teve um bom desfecho: graças à intervenção de Maria Helena e do Dr. Samuel Mandelbaum, que é dermatologista, a garota foi encaminhada para o Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e deverá continuar o tratamento em Aracaju, Sergipe.

 

 

 

Platina

Diamante

Ouro

Prata

SOBRE A SBD-SP

A Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 1970 para fomentar a pesquisa, o ensino e o aprimoramento científico da dermatologia como especialidade médica. Reúne, atualmente, mais de 2500 associados.

CONTATOS

Endereço: Rua Machado Bittencourt,
361 / cjs 1307 a 1312
Vl. Clementino – São Paulo-SP
CEP: 04044-001
E-mail: sbd-resp@sbd-sp.org.br
Atendimentos feitos por home office
Tel/Fax: (11) 96614-3006 / (11) 99270-9568

SIGA-NOS